ESPORTES, CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO – na contramão do mercado ou: uma outra estética, um outro conteúdo, o verdadeiro fim…

Estive pensando em algumas questões relacionadas ao sentido do desenvolvimento via os esportes, particularmente via o futebol, um pouco provocada por algumas reflexões oriundas de alguns pontos de vista diferentes no que se refere à participação de adolesentes e jovens da Baixada Maranhense em plataformas virtuais.

São apenas reflexões para provocarem outras reflexões e novas sistematizações. Começo com uma pergunta:

1) Quando se pensa o esporte para o desenvolvimento das pessoas mais pobres (vamos situar nesse público – os mais pobres) uma ferramenta virtual (um site, uma página de facebook, etc) precisaria estimular a participação dos adolescentes e jovens e não se preocupar mais com o produto (no caso a ferramenta em si e a qualidade estética de suas postagens) do que com as pessoas que usam as ferramentas para o seu desenvolvimento. É isso ou não é?

Penso que uma preocupação mais forte no produto é o mesmo que deslocar o foco da ação para a qualidade requerida pelo mercado que disputa o melhor produto e se esquece que pessoas mais pobres que necessitam se desenvolver aprendem experimentando pelas portas que lhe são oportunizadas, abertas….ou seja, desenvolvem-se ao usarem as ferramentas… Quando se exige uma qualidade estética a priori, não se está utilizando a ferramenta para o desenvolvimento, mas como meio de troca entre os desenvolvidos, que postam e fruem a partir do que há de melhor, com a melhor mensagem, melhor qualidade…

Neste caso, (Futebol ou Esporte para o Desenvolvimento) a ferramenta é meio e não fim. Meio de se desenvolver.Meio para se desenvolver. A ferramenta é zona proximal que aproxima o adolescente e o jovem de um conhecimento potencial. O conteúdo mais elaborado é importante, para que se tenha referências, mas a aprendizagem na zona proximal nos leva de um produto mais simples a um produto mais elaborado e é na experimentação, no uso com “erros e acertos” que vamos aprimorando o nosso conhecimento real e potencializando-o cada vez mais.

Imaginemos na escola, quando uma criança experimenta, em vez de estimularmos a experimentação e propormos alguns conteúdos novos dizermos que ela está errada, errando, não sabe nada, não aprende, e que na escola não é lugar de erro, mas de acertos….. que ela precisa conhecer a regra da escola…. precisa ler o que foi combinado, o que está no menu, no cabeçalho… parece burra por não ver o óbvio! Com tantas reações, o que ocorre com essa criança…?Ao se exprimentar nem sempre utilizamos o melhor conteúdo, mas a chance de experimentar sem restrições, emancipa e essa emancipação é indispensável para o desenvolvimento pessoal, que leva a outros tipos de desenvolvimento.

É claro que precisamos cuidar da estética, da ética, da criatividade, do conteúdo/forma, mas pensar o esporte para desenvolver em escala territórios pobres requer pensar uma lógica em que as pessoas são o próprio conteúdo a se desenvolver e não a ferramenta, que como o próprio nome diz é apenas uma ferramenta, um instrumento para alguma coisa, como a enxada para revolver a terra que precisa ser cultivada para alimentar pessoas.

Quando realizamos um evento a lógica deve ser a mesma. Não se deve entregar o evento de esportes nas mãos de uma agência especializada, mas cada etapa do evento deve ser pensada em conjunto com o público foco de desenvolvimento, porque essas etapas do fazer é que contribuirão para o desenvolvimento que se almeja: pessoal, social, econômico…e assim, sucessivamente…. São delírios, minhas utopias, mas meu ser é um conjunto de sonhos, notas musicais e movimento corporal e atitudinal.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s