Meninas em campo: utilizando o futebol para promover a igualdade entre os gêneros e capacitar meninas e mulheres

DSC08615

Por que, se na torcida estão homens e mulheres, na horizontal, no investimento feito em nosso país e no mundo para o jogo nas arenas e nos times de futebol e nas seleções nacionais, homens e mulheres tem investimento na vertical? Sendo que mulheres estão no ponto 1 e os homens no topo do investimento?
Na abertura eu dizia como será importante em nosso país que meninas possam comprar nas lojas de esporte do Brasil camisetas com o nome da Marta (por exemplo), da mesma forma como os meninos tem a oportunidade de comprá-las com o nome de Neymar.

PARA AS MULHERES TODO DIA É DIA DE LUTA!
Desde os tempos em que nossos países latino-americanos foram ocupados por outros países europeus tornando-se daquelas colônias, mulheres de todas as camadas populares, cores e condições de liberdade ou mesmo escravizadas estiveram envolvidas em lutas pela sua sobrevivência, mesmo que isso fosse, não em manifestações coletivas, mas em expressões individuais.

Quantas mulheres indígenas lutaram por sua liberdade nas florestas, mulheres negras lutaram contra o desejo aviltante daqueles que se consideravam seus “donos” e mulheres brancas, negras, amarelas lutaram por direitos fundamentais de participação política, acesso ao conhecimento e equidade no trabalho.
Em todo o século XX as lutas foram se tornando cada vez mais coletivas: pelo direito ao voto, à educação, ao trabalho, enfim, à cidadania. Em cada país latino das Américas Central e do Sul, incluindo o México, fatores políticos e econômicos incidiram nessa luta, que reverberou em conquistas e em novas lutas.

Essas lutas não param, porque a cultura impregna a sociedade de valores e de crenças que fortalecem atitudes sexistas. Uma dessas crenças é a de que o futebol é um esporte de homens. Até bem pouco tempo apenas para homens. Por que isso…? Quem sabe, porque dizem ser um esporte dito violento, que requer músculos e força teoricamente não existentes no corpo da mulher. O que é uma grande bobagem!
Não existe força maior do que conceber, manter e criar filhos, tarefa tão heroica e indispensavel para a humanidade realizada por mulheres.

MENINAS NO CAMPO – FUTEBOL EMANCIPADOR
No seio dessas crenças milhões de meninas latino-americanas deixaram de compartilhar da ludicidade provocada pelo jogo de futebol, onde pessoas correm atrás de uma bola, chuta-a, passa para um companheiro, faz peripécias e a lança a uma área demarcada por madeiras e chamada de gol.
Que beleza quando na parte de trás da área tem uma espécie de rede que quando a bola ali chega escorrega com uma lindeza incrível. Que gostoso é ficar nessa área, a espera da redonda e poder evitar, como se fosse uma brincadeira, que ela chegue até a rede. Quem será que vencerá: Maria quem vem com a bola ou Joana que vai pegá-la evitando que atravesse a área por ela protegida.
É tudo uma brincadeira, uma movimentação que provoca alegria, êxtase e saúde mental e corporal, pois quando saímos de uma pelada, estamos felizes e saudáveis, querendo uma ducha que nos faz resfriar o corpo, vestir uma roupa usada e ir para a cozinha comer alguma coisa.

DSC08609

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s